Voar para Longe

domingo, 18 de maio de 2008

Espanha (Madrid e Arredores)

Partida: da Agência de Viagens Lusanova no Areeiro (Lisboa)





Data: dia 4 de Agosto de 1990 (Sábado)
Partida do Autocarro: 8h00
3 Paragens: - Montemor-o-Novo (Pequeno-Almoço)
- Caia (Formalidades de fronteira)
- Mérida (Almoço)

Destino: Madrid - Espanha





Chegada: à Gran Vía de Madrid


Chegada do Autocarro: 20h00 (hora local)
Duração da Viagem: 10h

Diferença horária: + 1 h



Estadia: Hotel Washington H***

Gran Vía, 72

28013 Madrid


Duração da Estadia : 4 dias



Passeios e Visitas


Madrid
Madrid é a capital e a maior cidade de Espanha. A cidade foi edificada nas margens do rio Manzanares, no centro do país. Devido à sua localização geográfica e histórica, é juntamente com Lisboa o centro financeiro e político da Península Ibérica. A cidade é rica em arte e história, albergando alguns dos museus mais importantes do Mundo. Madrid é uma das mais belas e agitadas capitais da Europa. Foi fundada pelos árabes como uma fortaleza, assim permanecendo até que Afonso VI a ocupou, em 1083. Felipe II fez dela a capital da corte em 1561. Desde então a cidade floresceu, tornando-se vibrante, dinâmica, moderna sem deixar de preservar seu patrimônio histórico e cultural.






Puerta del Sol
Centro geográfico da cidade



La Plaza Mayor

É um dos locais mais emblemáticos da cidade. Situada no centro comercial da cidade, é uma praça portificada de planta rectangular completamente rodeada por edifícios. Existem ao todo nove entradas para a praça. No centro da praça esta a estátua de Filipe II a cavalo.




Plaza e Fuente de Las Cibeles

A praça das Cibeles é um dos mais famosos locais de Madrid, em parte pela beleza escultórica da Fonte que decora a praça e em parte pela animação das multidões que a invadem sempre que o Real Mdrid obtém mais um triunfo futebolístico.
A Fonte das Cibeles, de 1782, com três tanques sobrepostos, é coroada por uma escultura representando a deusa Cibele, mãe da vida e da fertilidade, no seu carro puxado por dois leões. Além de se encontrar no cruzamento de algumas das mais importantes vias madrilenas, possui edifícios de grande interesse, como o Palácio das Comunicações.




Puerta de Alcalá

Trata-se de uma monumental porta, sob a qual passavam os visitantes que chegavam a Madrid, oriundos da Europa. Foi mandada construir em 1778, pelo rei Carlos III.




Parque del Retiro

É um dos parques mais bonitos de Espanha.

Monumento a Afonso XII



Palácio de Cristal




Fuente de Neptuno

Construída no séc. XVIII.

É junto a esta fonte que o Atlético de Madrid festeja os seus títulos futebolísticos.



Plaza del Oriente e Palacio Real

O Palácio Real de Madrid, situado na Plaza del Oriente, continua a ser a residência oficial do Rei de Espanha, apesar de, na actualidade, o Rei o utilizar somente para ocasiões de gala, almoços, recepções oficiais, entregas de prémios e audiências, já que a Família Real optou por viver num palácio mais modesto, o Palácio da Zarzuela. Os reis consideram que na sua residência do Monte de El Pardo podem preservar a sua intimidade mais facilmente que num palácio com as dimensões do Palácio Real de Madrid.




Plaza del Callao

É a praça situada entre a Gran Vía e a rua das Galerias Preciados.



Plaza de España

É nesta praça que se encontra a estátua de Don Quixote e Sancho Pança, que fica aos pés de um monumento que homenageia o autor, Miguel de Cervantes. Os quatro lados do monumento são repletos de personagens e cenas da obra, incluindo Dulcinea, a "bela" donzela dos sonhos do cavaleiro.



Museo del Prado

Conta com uma das mais valiosas pinacotecas do mundo, com mais de 3000 quadros, de pintores como Velasquez, Murillo, El Greco, Goya, ... Também de grande interesse é a colecção de esculturas (400 obras).








Quadro de Velasquez: "As Meninas"


Toledo

Toledo é um município de Espanha na província de Toledo, comunidade autónoma de Castilla-La Mancha. A parte antiga da cidade está situada no topo de uma montanha, cercada em três lados por uma curva no rio Tejo, e tem muitos sítios históricos, incluindo o Alcázar e a catedral (a igreja primaz da Espanha). A cidade foi local de residência de El Greco no final de sua vida, e é tema de muitas de suas pinturas.



Catedral

A Catedral de Toledo é uma das três catedrais góticas espanholas do século XIII. Foi construída de 1226 a 1493. Combina também algumas características do estilo Mudéjar, principalmente no claustro. Uma de suas partes mais magníficas é o altar Barroco chamado El Transparente. O banho de luz que vem de uma apropriada fenda no teto, faz com que o altar, por alguns minutos, pareça estar se elevando aos céus. A Catedral tem também mais de 750 vitrais.





Alcázar

O Alcázar de Toledo é um palácio fortificado sobre rochas, situado na parte mais alta de Toledo, de onde domina toda a cidade.



Puerta Bisagra

Situada a norte da cidade, era a porta principal de entrada em Toledo.



Aranjuez

Cidade considerada o oásis da região de Castela, situada num fértil vale do rio Tejo, famosa pelos seus jardins e fontes, bem como pelos seus maravilhosos edifícios do século XVIII, como o Palácio Real e a Casa do Lavrador.




Palácio Real

O Palácio Real de Aranjuez é uma das residências do Rei de Espanha. Fica situado no Real Sítio e Vila de Aranjuez, a cerca de 20 km da capital espanhola, sendo gerido e mantido pelo Património Nacional. O complexo é constituído, para além do palácio, por um vasto conjunto de parques integrados na cidade que se desenvolvem em volta dele.




Casa do Lavrador

No interior do parque situa-se um pavilhão conhecido como Casa do Lavrador, a qual faz parte do Jardim do Príncipe.



Ávila

Ávila é uma cidade muralhada e apresenta-se fortemente marcada pela história, sobretudo dos séculos XII e XV. A muralha, com 2,5 quilómetros de extensão, possui várias portas e 88 torres redondas, dispostas de 20 em 20 metros. As portas de Alcazar e de S. Vicente localizam-se na parte mais antiga, voltada a oriente, sendo a mais monumental; na sua face norte apresenta reminiscências mouriscas. Ávila foi onde nasceu Santa Teresa de Jesus, mais conhecida por Teresa de Ávila que fundou a Ordem das Carmelitas Descalças. Por isso, muitos dos edifícios antigos da cidade lhe estão associados.




Catedral

Em estilo gótico ogival, do século XI.




Castelo Mouro



Convento de Santa Teresa

Estilo Barroco



Segovia

A cidade foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO. É conhecida internacionalmente pelo aqueduto. Destacam-se igualmente a catedral e o alcazar.




Catedral

A Catedral de Santa Maria de Segóvia, conhecida como a Dama das Catedrais, devido às suas dimensões e à sua elegância, é uma catedral construída entre os séculos XVI e XVIII, de estilo gótico com traços de renascentismo.


Alcázar

Erguido em posição dominante sobre um penhasco rochoso, é um dos mais distintos castelos-palácios em Espanha em virtude da sua forma – como a proa de um navio. O alcázar foi inicialmente construído como uma fortaleza, mas serviu, desde então, como palácio Real, prisão do Estado, Colégio Real de Artilharia e academia militar.


Aqueduto

O Aqueduto de Segóvia foi construído durante os séculos I e II, no reinado dos imperadores romanos Vespasiano e Trajano. O aqueduto que resta tem 29 metros de altura e 728 de longitude total. 167 arcos (79 singelos e 88 dobrados). Foram empregados, grosso modo, cerca de 35.000 blocos de granito.



La Granja


Palácio Real
O Palacio Real de La Granja de San Ildefonso é um palácio barroco, com jardins à maneira francesa e fontes esculturais. Fica localizado na cidade de San Ildefonso (Província de Segóvia), cerca de 60 km a Norte de Madrid. Foi mandado construir por Felipe V de Espanha com inspiração no Château de Versailles, e permanece como uma das residências da Família Real Espanhola. Actualmente é gerido pelo Instituto do Património Nacional da Espanha e está aberto ao público quando a Família Real não se encontra no edifício.



Partida: de Madrid
Data: dia 7 de Agosto de 1990 (3ª feira)
Autocarro da Lusanova
Partida: às 14h
3 paragens: - Navalmoral de La Mata (breve paragem)
- Caia (formalidades de fronteira)
- Elvas (jantar)



Chegada: à Agência de Viagens Lusanova em Lisboa
Data: 8 de Agosto de 1990 (4ª feira)
Chegada do autocarro: 24h
Duração da viagem: 10h

5 comentários:

Angel of Light disse...

Ufa... acabei de comer uma pasta italiana e agora vou ter de comer uma paella? Ai que isto não é nada bom para manter a linha...

Estas a expandir o negócio? Não te contentavas com uma frota de aviões? Agora já temos autocarros também? Esta é mais na linha Pipinha Autocarros de Turismo, Lda... hihihi...

Já estive em Madrid e é uma cidade magnífica. Com muita vida!

Gostei muito das fotos, dos postais, dos teus soberbos bilhetinhos e penso que não me esqueci de mais nada. Ah, onde está a paella para comermos?

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Deusa Odoya disse...

minha nova amiga.Lindo, estou emocionada de ver um pais muito lindo com a ESpanha.
Sou desceendentes de espanhóis e como não conheço, viajei através de seu blog.
Maravilhoso e emocionante.
estás de parabéns.
adorei as fotos, os lugres, enfim a Espanha.
beijos e um fim de semana com muita paz amor em seu coração.
te aguardo no cantinho da deusaodoya.

Regina Coeli.

Pena disse...

Lindíssima Amiga Pipinha:
Confesso que foi mais longe no conhecimento da bela cidade de Madrid, aos seus lindos olhos do que eu.
Fiquei num Hotel, perta da estação ferroviária de "La Tocha".
Os táxis eram uma constante. O Hotel caríssimo, mas era altura de Carnaval(Entrei na cidade com a festa de Carnaval a decorrer- Incrível, quanta gente, andei 2 horas de GPS na mão e só consegui aquele Hotel, Não se podia parar em face da multidão de pessoas na rua!). Entrei em pânico.
Conheci essencialmente o deslumbrante Museu do Prado com o seu encanto. Estive lá dois dias apenas.
A sua descrição é fabulosa. Muito bem documentada e perfeita na descrição linda. Fantástica!
MUITO BEM, adorei!
Sempre a estimá-la, a considerá-la e a respeitá-la.
Beijinhos amigos de fascínio

pena

Gostaria de lá voltar com mais calma.
É uma bela cidade acolhedora.

Zé do Cão disse...

Finalmente já encontrei um sítio onde nunca fui. A todos os outros foi em rol de recordações.
Desde Israel, Suíça, Espanha, aqueles locais mesmo.
Agora Segóvia, tenho pena, mas ainda não calhou.

Beijocas

Clipsfalcon disse...

adorei as fotos, mas agora me deu uma grande vontade de estar lá . que lugar mais lindo...