Voar para Longe

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Dinamarca

Partida: do Aeroporto de Lisboa


Data: dia 24 de Agosto de 1988 (4ª feira)
Vôo da Tap: TP 604- Boeing 737
Partida do avião: às 9h40





Destino: Copenhaga - Dinamarca






Chegada: ao Aeroporto de Copenhaga


Chegada do avião: 13h20

Duração da viagem: 3h40

Diferença horária: + 1h

Estadia:



Duração da Estadia: 4 dias

Passeios e Visitas

Copenhaga (København em dinamarquês), que significa "porto do mercador", é a capital e a maior cidade da Dinamarca. Situa-se na costa do Mar Báltico em frente da Suécia.


A Pequena Sereia
É o nome de uma estátua que fica na cidade de Copenhaga. Representa o personagem de um dos contos infantis do escritor Hans Christian Andersen. É da autoria de Edward Eriksen, que a esculpiu em 1913. Em 1964 um acto de vandalismo deixou-lhe sem a cabeça. Devidamente restaurada, permanece no seu posto contemplando as águas do porto da cidade e atraindo dezenas de turistas todos os dias. A estátua acabou por se tornar um dos mais conhecidos símbolos da cidade.



Nyhavn
Nyhavn (em português Porto Novo), uma popular área na cidade de Copenhaga, é um canal ao estilo neerlandês.

Actualmente, quase todos os edifícios de Nyhavn foram transformados em bares, cafés e restaurantes, muitos dos quais se gabam orgulhosamente do seu passado como bordeis. A zona transformou-se numa das mais famosas e concorridas da cidade, e basta um pouco de sol para que as pessoas venham até à zona para passear, sentar-se na beira do paredão ou numa das dezenas de esplanadas a beber uma cerveja, ou dar um mergulho nas águas do canal.




Palácio de Christianborg

(Parlamento)
Antiga residência da Família Real é actualmente a sede dos poderes executivo, legislativo e judiciário da Dinamarca, construido em 1907-1928. Está localizado na ilha de Slotsholmen, no centro de Copenhaga.




Bolsa de Valores

É um dos edifícios mais antigos de Copenhaga e das mais espectaculares construções arquitectónicas. A Bolsa foi construída por Christian IV durante os 1600's, num esforço para tornar a cidade num grande centro financeiro capaz de competir com Amsterdão.
O que é notável sobre este edifício é que ela foi construída em cima de água. Com canais que o rodearam em três partes, este edifício foi capaz de sobreviver a vários incêndios. O imponente edifício da espiral é o que torna A Bolsa sobressair no conjunto de Copenhaga. Esta espectacular espiral é formada por quatro dragões com caudas entrelaçadas e encimadas por três coroas douradas que repousar durante os três países escandinavos.







Torre Redonda da Igreja da Trinidade

A torre Redonda, que foi construída como observatório astronómico em 1642, é o mais antigo em uso na Europa, e do cimo da torre tem uma boa vista de Copenhaga.






órgão da Igreja da Trinidade



Castelo Rosenborg

O castelo foi construído em 1606, e representa bem a arquitectura do período do rei Christian IV. Passou por algumas reformas e ampliações, chegando à actual arquitectura em 1624.
Até aproximadamente 1710, o castelo era usado como residência da família real, mas após o reinado de Frederik IV, somente foi utilizado como tal em dois momentos, em 1794, quando o Palácio de Christianborg foi incendiado, e em 1801, quando os ingleses invadiram Copenhaga.
Atualmente está aberto para visitas de turistas. Hospeda objectos da família real, que vão do século XV ao século XIX.




Castelo Frederiksborg

Também denominado Palácio de Frederiksborg, está localizado em Hillerod, Condado de Frederiksborg.
É o maior palácio da Escandinávia, foi construído sobre três ilhotas do Slotssø ("lago do castelo") por Christian IV da Dinamarca, entre 1560 e 1630, para ser uma residência real.O seu nome é em homenagem ao rei Frederik II da Dinamarca, e este edifício simboliza o poder da monarquia absoluta dinamarquesa. Era habitado, de facto, pela Família Real.
O palácio foi destruído, em 1839, por um violento incêndio, vindo a ser reconstruído posteriormente. Actualmente abriga o Museu de História Nacional da Dinamarca.




Palácio de Amalienborg

(Palácio Real)

É a residência de Inverno da família real dinamarquesa







Castelo Kronborg

O castelo de Kronborg está situado perto da cidade de Helsingor, a 47 quilômetros de Copenhaga. O castelo tem, por séculos, sido um dos mais importantes do Renascimento no norte da Europa e foi adicionado à Lista de Património Mundial da UNESCO em 30 de Novembro de 2000.


Kronborg é também conhecido por muitos como "Helsingor," o palco para muitas representações de Hamlet, famosa tragédia de William Shakespeare. Hamlet foi representado no castelo pela primeira vez para marcar o 200° aniversário da morte de Shakespeare, com o elenco constituido por soldados da guarnição do castelo. Desde então a peça foi executada diversas vezes no pátio e em vários locais da fortificação.






Parque de Diversões Tivoli

O Tivoli é um parque de diversões que foi fundado em 1843, com 26 atracções diferentes. Costuma haver concertos ao vivo. Vale a pena ficar lá até à noite e ver as luzes a serem acesas.












Museu de Cera Louis Tussaud






Roskilde
Cidade real e centro eclesiástico. Roskilde é a mais antiga cidade dinamarquesa ainda em pé. A cidade como a vemos hoje foi fundada pelos vikings nos anos de 900, mas dados arqueológicos provam que Roskilde era densamente povoada desde tempos muito mais antigos.


Catedral

É na Catedral de Roskilde que os dinamarqueses enterram seus reis. Nada menos que 38 reis e rainhas dinamarqueses estão enterrados na catedral de Roskilde.






Museus dos Navios Vikings

O Vikingeskibsmuseet é um museu situado em Roskilde, apresentando barcos da era dos vikings encontrados submersos no fiorde de Roskilde. Os barcos foram afundados propositadamente, por volta do ano 1000, junto a Skudelev, para protegerem a cidade de invasões inimigas por mar. O objectivo foi cumprido, ao ter ficado obstruída a principal zona navegável. Em 1962, foram realizadas escavações que revelaram a existência dos barcos. Foram identificados 5 tipos diferentes, usados para expedições militares e comerciais. O museu foi construído em 1969, junto ao fiorde, para albergar os 5 barcos encontrados. Actualmente, o museu coloca em destaque o maior dos barcos de guerra encontrados, o Skudelev II (na foto), assim denominado em honra ao local onde foi encontrado. As instalações do museu foram ampliadas em 1997, dispondo agora de uma ilha e de um porto, onde é possível visitar uma colecção de réplicas de barcos nórdicos e vikings. É possível observar, também, a construção das réplicas, segundo as técnicas ancestrais de construção.




Partida: do Aeroporto de Copenhaga

Data: dia 27 de Agosto de 1988 (Sábado)

Vôo da Tap: TP 605

Partida do avião: 15h



Chegada: ao Aeroporto de Lisboa

Chegada do avião: às 18h45

Duração da viagem: 3h45

1 comentário:

Angel of Light disse...

Mais uma magnífica viagem virtual, desta vez à terra dos vikings!

Esta conheço bem. Mas ainda melhor a zona de Alborg, onde passei uma das minhas melhores férias! E foi, um pouco mais a norte, que presenciei um belíssimo pôr-do-sol da meia-noite. Foi fantástico!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!